5 de julho de 2009

Dois corpos.






Dois corpos... que se querem, desejam-se e se envolvem numa troca de caricias e ternura. Há beijos lânguidos de paixão, mãos que percorrem com avidez os seus corpos. Olhares que se cruzam num infinito desejo de posse... um só !!!! Uma colisão de intenso prazer e vontade. A sensualidade dos Seres, o erotismo de serem cobiçados .... vistos.... a partilha do prazer, dos movimentos, dos olhares, dos
corpos entrelaçados ...

Um comentário:

Ademerson Novais disse...

E quando isso acontece a unica a fazemos e se entregar..e deixa que corpos se unem...que sexos se fundem...que bocas se colem...e que sob a luz de um sol morno...a paixão e o prazer seja avassalador....


Desculpa o comentario..mais fiquei encantado com tamanha poetisa tu és..fazendo dos textos verdadeiros canticos...


Ademerson Novais de Andrade

esse eu indico

NASA Image of the Day