24 de agosto de 2009

Uma Saudade....




Acordei angustiada nesta madrugada, a persiana batia violentamente em uma das janelas, uma brisa agressiva e fria entrava e resfriava meu quarto, uma saudade avassaladora tomou conta de mim e me fez perder o sono, caminhei pela sala, fiz um lanche na cozinha, assisti televisão, olhei diversas vezes no relógio e então refleti… nada do que eu estava fazendo ali, faria com que eu me sentisse melhor. Foi então que resolvi voltar ao quarto, fechar a janela, a persiana e olhar para todas as fotos suas que me cercava ali. Uma a uma eu as recolhi, as guardei cuidadosamente em uma caixa e chorei por isso…
A saudade que sinto hoje é o pior de todos os presentes que você já me deu. Talvez contra sua própria vontade e quero que saiba que não lhe julgo por isso… a angústia continua aqui, alojada sem ser convidada em um dos lados de meu peito, mas não há mágoa alguma, ao contrário as vezes me pego preocupado com você e como um pai, sinto vontade de te ligar, mas isso é impossível… não há um numero certo à discar e um medo descontrolado toma todo o meu ser, me impedindo de dar mais um passo na direção errada. São 3:27, vou voltar para a cama, a angústia também, a saudade é provável que aumente e o sono é bem capaz de não voltar mais, ao menos a brisa passou, o vento frio se foi e com ele uma pequena parte desta exaustiva tristeza que carrego em meus olhos…

Quer saber se eu teria algo para te dizer hoje? Sim… tenho:

Terei saudade do seu cheiro de manhã… te amo, fique bem…

17 de agosto de 2009

Passe As Mãos Em Mim


Só de imaginar as tuas mãos no meu corpo...estremeço!
Ardo de desejo , sinto-me arrepiada...
Imagino os teus beijos , o toque das tuas mãos a percorrerem todo o meu corpo...
Quero-te...desejo-te...espero-te...

12 de agosto de 2009

Te Sinto!


Te sinto excitado, ousado,
quero você, teu cheiro,
teu gosto, teu suor,
te quero todo dentro de mim,
te pertenço.

6 de agosto de 2009

Vício!


enquanto ser praticante na mansidão do teu corpo
deixo hoje o amor que é jornada
antes que a manhã chegue e a noite acabe
o meu coração aquece e acende-se em ti
qual labareda transbordante de um fogo sem tino
o teu corpo é cidade onde o meu se torna vício.

VoCê Me TeM FáCiL DeMaiS


Tudo o que eu vivi, me preparou pra você.
Não se ofenda com meus amores de antes.
Todos tornaram-se pontes pra que eu chegasse a você !

O oCuLTo qUe EXciTa



Nada mais provocante e instigante do que a sensualidade...
Tudo que nos é insinuado, oculto e subentendido, ao sabor de nossa imaginação, nos invade de forma avassaladora e altamente excitante, pois parte de nossos pensamentos são irreveláveis até a nós mesmos. Quando tomados por eles, percebemos que nunca estiveram sob nosso controle. Ficamos enlevados e submetidos às nossas mais recentes fantasias, desconfiados de que tenham sido realmente geradas por nós. Passamos dos mais doces e inocentes pensamentos, aos mais ousados, bestiais e primitivos instintos, que sequer sabíamos existir ! O NOVO, que se exibe pra nós, nos encanta e seduz, tal qual o canto de uma sereia, pois uma vez feito contato, não há mais como fugir!

31 de julho de 2009

Diário Da Sua Ausência...


"Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa.
E se ela não vem ter connosco, nós esperamos.
O verbo esperar torna-se tão imperativo, como o verbo respirar.
A vida torna-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar.
O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível.
É mais fácil esperar do que desistir.
É mais fácil desejar do que esquecer.
É mais fácil sonhar do que perder.
E para quem vive a sonhar é muito mais fácil viver".
Não é meu, mas podia muito bem ser. Pertence à Margarida Rebelo Pinto.
(Não consegui resistir, é bonito de mais. Tem tudo a ver comigo, contigo...)
Volta depressa, para mim...tenho muitas saudades...

Hoje


Hoje queria mergulhar os meus olhos nos teus...
Porque tu tens o mar nos olhos e eu tenho os olhos no mar...
e meu corpo também meu anjo

esse eu indico

NASA Image of the Day