24 de agosto de 2009

Uma Saudade....




Acordei angustiada nesta madrugada, a persiana batia violentamente em uma das janelas, uma brisa agressiva e fria entrava e resfriava meu quarto, uma saudade avassaladora tomou conta de mim e me fez perder o sono, caminhei pela sala, fiz um lanche na cozinha, assisti televisão, olhei diversas vezes no relógio e então refleti… nada do que eu estava fazendo ali, faria com que eu me sentisse melhor. Foi então que resolvi voltar ao quarto, fechar a janela, a persiana e olhar para todas as fotos suas que me cercava ali. Uma a uma eu as recolhi, as guardei cuidadosamente em uma caixa e chorei por isso…
A saudade que sinto hoje é o pior de todos os presentes que você já me deu. Talvez contra sua própria vontade e quero que saiba que não lhe julgo por isso… a angústia continua aqui, alojada sem ser convidada em um dos lados de meu peito, mas não há mágoa alguma, ao contrário as vezes me pego preocupado com você e como um pai, sinto vontade de te ligar, mas isso é impossível… não há um numero certo à discar e um medo descontrolado toma todo o meu ser, me impedindo de dar mais um passo na direção errada. São 3:27, vou voltar para a cama, a angústia também, a saudade é provável que aumente e o sono é bem capaz de não voltar mais, ao menos a brisa passou, o vento frio se foi e com ele uma pequena parte desta exaustiva tristeza que carrego em meus olhos…

Quer saber se eu teria algo para te dizer hoje? Sim… tenho:

Terei saudade do seu cheiro de manhã… te amo, fique bem…

2 comentários:

arruda.poeta disse...

uma saudade insana
vento morno
pelas frestas

da persiana

A Madrasta Má disse...

Olá querida tem um selo especial de blog enteado pra vc e promoção no Madrasta! Dê um mordidinha, to te esperando! Bjinhos da Madrasta!

esse eu indico

NASA Image of the Day