29 de julho de 2009

Beijo


Foi um beijo de impulso, sem pensar!

Um olhar, que encerrou em si a vontade louca que as bocas tinham de se juntar, de se calarem mutuamente!
Foi um beijo de sexo, com línguas atrevidas e mistura de sabores!
Ele calou-se quando ela avançou sem hesitação e o beijou!
As línguas encontraram-se imediatamente, matando as saudades que tinham antecipado aquele encontro!
Rapidamente as mãos voaram pelo corpo, relembrando cada centimetro de prazer e ela ficou encostada à parede, beijando apenas, sentindo o desejo aumentar numa escala incrivel e alucinante!
Foi um beijo que valeu paixão, tesão, uma quimica sexual capaz de explodir até às nuvens!
Como pode um simples beijo saber a tanto?
Duvido que tenha existido sequer!...
Tão bom, tão louco, tão excessivamente sensual e entesante, não pode ter sido real!

Nenhum comentário:

esse eu indico

NASA Image of the Day