16 de dezembro de 2007

"Ter Ou Ser"?


A vida segue seu curso. Às vezes fico sem rumo, perdida num mar de complexidades. Será a vida assim tão emaranhada? Ou serei eu quem embaralha tudo?

Uma hora vejo tudo de forma tão clara, noutra parece que não encontro nenhuma saída.

De repente queria voltar a ser criança para brincar, feliz, sem nenhuma preocupação.

Mas logo volto à tona e queria ser um sábio para decifrar todos os enigmas e mistérios, compreender as entrelinhas, ler o pensamento daqueles que sequer se expressaram, para poder entender melhor a vida e as pessoas.

Há momentos em que eu queria "ter", mas do ser "ser".

Entretanto caio na real e vejo que o "ter" é ilusório, é passageiro e o "ser" é eterno. Eterno porque é humano, ético e cristão.

Enfim, volto a ser como sou, pensar como sempre pensei e desejar ser o que sempre fui: uma mulher, simples, verdadeira, espiritualizada e guerreira.

Nenhum comentário:

esse eu indico

NASA Image of the Day