27 de julho de 2009

Distância



Uma grande distância nos separa, nos afastando mais e mais a cada dia. Se antes era frio e duvidoso, hoje já nem sei mais o que é. Aos poucos tudo se torna um passado de boas lembranças, um passado que tenho medo de esquecer. Um sentimento que já não é o mesmo, mas que ainda me corrói por dentro por ser tão grandioso. E o que irá restar de nós? Perguntas sem respostas me deixam acordada por noites seguidas. Nunca refleti tanto sobre minha vida. Minhas atitudes vivem sendo questionadas. Meu futuro pouco sei. Isso me inquieta. Nossos planos já estavam arquitetados em uma mente jovem e sonhadora. Planos agora despedaçados junto a sentimentos que se esvaiam com o tempo. Sim, o tempo. Nada como um dia após o outro. Já não sou a mesma daquele dia, nem a mesma de ontem. A angústia que sinto, porém, é a mesma. Uma angústia gerada por uma decisão incerta. Por um caminho que acredito ser o correto. Pois posso me culpar pelos meus problemas e anseios, mas não posso te culpar por isso. Nem idealizar algo impossível. Um dia tu me entenderás, mesmo que o teu sentimento por mim já tenha tido o seu fim. Pois no momento nem eu me entendo. Afinal, sofro por algo que eu mesma escolhi.

Nenhum comentário:

esse eu indico

NASA Image of the Day