29 de dezembro de 2007

A Virada


Virada de ano, as esperanças de todos se renovam, quem ganha pouco
acha que vai ganhar mais, quem tá gordo acha que vai fazer regime,
quem tá encalhado acha que "esse ano vai!" e assim por diante. Frente
a tanto otimismo, tanta aura de que tudo vai dar certo é que você e eu
e todo mundo sai desejando "Feliz Ano Novo, Saúde, Paz, Dinheiro,
Felicidade, e tudo o mais" para quem aparecer pela frente:o vizinho do
apartamento de cima que não te deixa dormir, a família de
desconhecidos ao lado na praia na virada, a caixa da padaria que você
vai no dia seguinte, a bilheteira do pedágio da volta, qualquer ser
humano que apareça.
Chegando no trabalho, vc ainda tem ânimo pra mandar e-mails e scraps
no orkut e frases no messenger desejando Saúde, Paz, Dinheiro,
Felicidade, e tudo o mais no ano que se inicia. Os dias vão se
passando, você ainda dá um feliz ano novo, meio apressado, até que a
rotina volta ao normal e esse negócio de desejar felicidades pros
outros fica pra daqui a um ano.
E é aí que eu quero chegar. Minha teoria é que o "Feliz Ano Novo" deva
ser dado só a partir da segunda quinzena de janeiro. A partir do dia
15, vc já se livrou da catrase coletiva de desejar tudo de bom a todo
o mundo e vai fazê-lo só àqueles que você deseja do fundo do coração.
E outra coisa: Feliz-ano-novo-do-fundo-do-coração!Tenham todos um otimo 2008

Nenhum comentário:

esse eu indico

NASA Image of the Day