9 de dezembro de 2007


Palavras perdidas ou sentimentos???

Ultimamente eu ando estranha
Ou será que o mundo resolveu
Se estranhar de mim?
Não sei o que há de diferente
Mas sinto, e vivo!
Há uma confusão de sentimentos
Que às vezes me devoram
E na ânsia de querer
Descobrí-los, acabo me perdendo
Talvez por isso tenha perdido o tom
O tom das minhas letras
Acontece que a inspiração
Antes andava sempre comigo
E falar de amor por exempli
Era algo simples, fácil
Hoje eu não consigo falar de amor
E aí, acho que se não falo de amor
Não posso falar mais nada
Porque o amor é um sentimento que
Alimenta nossa alma, aquece nosso coração
Sim, é esse o vazio que estou
Tentando explicar
O vazio de um sentimento que sempre
Esteve comigo e hoje parece-me distante
Eu sei falar da felicidade, da alegria
Da amizade, da inocência de uma criança
Posso falar das pequenas coisas
Do cotidiano
Mas não posso mais falar de amor
Logo eu, que sempre falei dele
Logo eu, que sempre achei o amor
Uma das palavras mais bonitas
Do dicionário...
É disso que sinto falta
Das letras de amor
Da paixão desmedida
Da lua e das estrelas
Sinta falta da palavra amor
Do sentimento que antes
Me preenchia, me encantava
Que eu cantava...
Cartas de amor...
Preciso escrever uma
Preciso talvez receber uma
Aí quem sabe eu não me (re) encontre?
Preciso da reconciliação com o amor
Só assim, voltarei a reconciliar

Nenhum comentário:

esse eu indico

NASA Image of the Day